Benefícios de utilizar um sistema de controle de estoque

sistema

Muitas vezes, as empresas não sabem como controlar o estoque na fabricação. Lidar com um problema tão complexo requer uma solução para gerenciar os vários fatores que afetam a contagem total do estoque. Sem o sistema certo instalado, a eficiência diminui e as perdas e os desperdícios aumentam.

O software pode rastrear suprimentos recebidos, itens produzidos, mercadorias danificadas, produtos vendidos e itens enviados. As informações coletadas de uma solução de manufatura de software de gerenciamento de estoque ajudarão a tomar decisões de produção mais precisas para evitar super produção e imprecisões de estoque.

Usar um sistema de controle de estoque protege as empresas de manufatura. As empresas que não conseguem integrar essa tecnologia podem descobrir que suas operações não conseguem rastrear seus produtos. Decidir usar um software para lidar com o estoque e encontrar o melhor tipo de sistema de gerenciamento são escolhas vitais para qualquer empresa que queira se tornar mais produtiva.

O que é um sistema de gerenciamento de estoque?

Os sistemas de gerenciamento de estoque assumem muitas formas com base nas técnicas de controle precisas utilizadas. No entanto, todos eles podem beneficiar os fabricantes, acompanhando de perto os suprimentos e mercadorias produzidas usando software para monitorar suprimentos recebidos, produtos produzidos, itens armazenados e mercadorias despachadas.

sistema

As empresas devem adotar princípios de controle de estoque cuidadosos para ver os benefícios de um sistema de gestão, especialmente aqueles com margens de erro estreitas, como o just-in-time. 

Um dos tipos mais conhecidos de sistemas de gerenciamento de estoque é o just-in-time. Esse sistema de estoque que inclui apenas suprimentos de estoque de que a empresa precisa imediatamente  começou com a Toyota Motor Corporation nas décadas de 1960 e 1970. A Toyota credita ao JIT sua rápida expansão na segunda metade do século XX.

O fabricante de automóveis reduziu a necessidade de armazéns maiores, reduzindo assim os custos gerais. Com planejamento preciso e rastreamento de estoque, as peças chegariam ao depósito e seriam entregues na fábrica horas antes de serem montadas. 

Como essa forma de gerenciamento de estoque reduz as necessidades de armazenamento, aumenta o capital de giro da empresa.

JIT não é a única técnica disponível para iniciar um sistema de gerenciamento de estoque. No entanto, o exemplo da Toyota Motor Corporation mostra como a implementação de um sistema como esse pode ser eficaz para aumentar a produtividade e a eficiência.

Benefícios dos sistemas de gerenciamento de estoque para sua empresa

A integração de um sistema de gerenciamento de estoque eficaz oferece vários benefícios para as empresas, que incluem:

Economize dinheiro

O custo de armazenamento de produtos não vendidos aumenta, especialmente se as mercadorias precisarem ficar em um grande depósito esperando para serem despachadas. Dependendo da localização, os altos preços dos imóveis podem tornar proibitivo o custo de um grande armazém. 

Com um sistema de estoque gerenciado cuidadosamente, o número de produtos que requerem armazenamento diminui, usando um espaço de armazenamento menor.

Reduzir o risco de problemas de falta de estoque

Sistemas de estoque gerenciados de forma eficaz que usam contagem perpétua acompanham os números mais atuais de estoque disponíveis. Saber quais produtos um depósito tem em mãos evita problemas de clientes comprando itens fora de estoque, o que pode causar atrasos no envio e insatisfação do comprador.

Simplifique o gerenciamento de estoque

Os sistemas de gerenciamento de estoque reduzem o esforço de rastrear pedidos, produção e produtos armazenados. Ao usar esse tipo de sistema, os gerentes podem concentrar sua atenção na gestão de um negócio, em vez de responder a reclamações de clientes devido a itens em falta.

Previsão de vendas futuras com precisão

As informações obtidas a partir de um sistema de gerenciamento de estoque fornecem uma visão sobre as tendências de vendas anteriores. Os fabricantes podem usar esses dados para tomar decisões informadas sobre os volumes de produção para o futuro, evitando super ou subprodução.

Técnicas de controle de estoque para empresas 

Um dos principais benefícios de um bom controle de estoque com sistemas de gerenciamento de estoque é sua flexibilidade para se adaptar a qualquer técnica de controle comum. Algumas empresas têm métodos preferidos de garantir que seus níveis de estoque atendam à demanda. As técnicas de controle comuns incluem o seguinte.

Na hora certa

O gerenciamento de estoque JIT é altamente recompensador, mas também traz riscos. Esse método exige que os fabricantes estoquem apenas os suprimentos de que precisam imediatamente. As peças chegam dentro de algumas horas de uso, reduzindo o espaço de armazenamento. 

sistema

No entanto, esse método pode causar problemas de atrasos inesperados, como problemas de entrega, picos de demanda ou desastres naturais. Esses eventos podem perturbar o delicado equilíbrio do gerenciamento de estoque JIT.

Análise ABC

A atribuição de itens de estoque com base em seu potencial de vendas é a base da análise ABC. Os itens de maior valor têm atribuição A, que deve ser igual a cerca de 20% do total. Os itens B são aqueles com valores médios ou menor demanda de venda e representam 30% do estoque . A metade restante do estoque se enquadra na categoria C, que tem a menor demanda ou valor.

Quantidade de pedido econômico

A quantidade de pedido econômico tenta encontrar o equilíbrio ideal entre os pedidos de suprimento e as vendas para minimizar o excesso de estoque e as ocorrências de pedido. Ao contrário de outros modelos, o sistema usa os custos de configuração e manutenção de estoque para calcular o custo total.

Definir os níveis

Estabelecer valores mínimos e máximos para itens de estoque é a primeira etapa no gerenciamento de estoque de ajuste de níveis. Quando os valores caem abaixo do mínimo, a empresa pede mais. No entanto, uma vez que atingem o máximo, a compra ou produção desse item é interrompida até que o estoque diminua.

Primeiro a entrar, primeiro a sair (FIFO)

Para bens perecíveis, o primeiro a entrar, o primeiro a sair (FIFO) prioriza o envio dos itens de estoque mais antigos primeiro para evitar que expirem ou estraguem durante o armazenamento. Os fabricantes de alimentos podem usar este método para vender alimentos antes do vencimento do rótulo ou da data de validade.

O gerenciamento de estoque para empresas melhora a eficiência, reduz o desperdício e agiliza os processos de produção. Inicie este processo de implementação de todas as dicas que passamos no decorrer desse artigo, que com certeza você vai começar a ver os resultados.

A implementação desses sistemas, como podemos observar trás inúmeros benefícios para a sua empresa e com ele a tendência para a sua empresa e somente de evolução.

×